27 de dez de 2009

Turn to Fall p. 11, 12 [lápis]


Paginas 11 e 12... Aff... To reclamando cada vez mais... Bom, reclamar sempre foi um habito, mas desenhar perspectivas realmente é muito chato... Preciso de um ajudante pra fazer essa parte por mim, acho que vou pegar algum guri que queira aprender a desenhar pra fazer meus cenários, ensino ele e como pagamento ele desenha os cenários!se alguém quiser fazer esse escambo pode deixar mensagem pra mim aqui no blog!

=P

Até a próxima!

12 de dez de 2009

Turn to Fall p. 03, 09 [lápis]


Sei lá... Fim de semana zoado... Bom pelo menos fiz mais duas paginas do “Turn To Fall” faltam só mais 10! E tem umas 4 que estão bem fáceis de finalizar!

Falei também que ia postar desenhos do ônibus, mas vou deixar pra semana que vem, assim as (se eu der sorte) eu aviso as pessoas que eu desenhei pra elas verem em primeira mão.

É só por hoje.


6 de dez de 2009

Turn to Fall p. 01, 02 [lápis]

Só tenho uma coisa pra dizer sobre essas paginas: TRABALHO! Caramba, muito trabalho... O grande problema de um drama- será que eu posso chamar de um drama? - é que o foco da história esta nas relações dos entre personagens e a relação entre os ambientes que os personagens transitam. Para que as ações cotidianas consigam manter a atenção do leitor o roteirista deve controlar bem o ritmo do desenvolvimento dos personagens e os diálogos, já o desenhista deve ter uma preocupação grande com a composição e a verossimilhança com a realidade.

O principal em uma história como Turn to Fall é o roteiro, mas as chances de cativar o leitor aumentam muito se o desenhista conseguir colocar veracidade nas emoções dos personagens. Aumentam ainda mais se ele conseguir criar uma boa composição de desenho e um bom cenário, tudo isso é importante já que o desenhista não pode contar com as cenas estrondosas de ação, de lutas e corpos musculosos saltando dos quadros.

O cenário não é fundamental para uma boa história, acho até que é menos importante em um Drama, mas ele pode enriquecer bastante a história, ajuda a manter o leitor no mundo da narrativa e pode criar ou aumentar ainda mais o clima de uma cena. Em Turn to Fall não abri mão dos cenários, como estou atrasado não posso me dar ao luxo de produzir todos os cenários em todas as paginas - mesmo por que não há necessidade disso – mas me dedico bastante a eles por que revelam um pouco dos personagens, a forma com eles interagem com o cenário tão algumas dicas de como eles pensam o mundo. Isso fica bem obvio na primeira pagina, cada personagem tem sua forma de agir com Karl e alem disso o cenário mostra se são organizados, qual o seu emprego e como eles trabalham.

O preço de criar cenários realistas e o trabalho de pesquisa e a capacidade de organizar o cenário. A perspectiva de todos os cenários era bem simples, mas ficava extremamente complicado devido ao grande numero de objetos nos cenários. A oficina por exemplo, as estantes por serem vazadas acabei me confundindo diversas vezes, o motor por estar inclinado dava o dobro de trabalho fora os pneus, e olha que nem terminei eles, não fiz as estrias...

Todos esses problemas ficam pra trás quando você termina a pagina! Mesmo não tendo colocado todos os detalhes que queria acho que conseguir um bom resultado.

É isso ai, semana que vem meus desenhos de ônibus e/ ou mais algumas paginas de Tur to Fall!