22 de abr de 2009

Mehmed II - Drácula

Mehmed II [baseado na foto de Ahmad Shah Massoud]

Esse é um dos pivôs do conflito na Romênia no séc. XV. O império Otomano queria expandir suas fronteiras para o ocidente e no meio do caminho estava a Hungria e a Romênia, que na época era formada por 3 estados menores (voivodato): Wallachia, Moldávia e Transilvânia.

Por serem estados menores, mais fracos militarmente e economicamente estavam sempre oscilando entre a influencia turca e a Húngara. Quando a Hungria enfraquecia, eles se aliavam aos Otomanos, quando os Otomanos enfraqueciam, eles pediam desculpas e voltavam às asas da Hungria. Claro que eles estavam mais propensos a se aliarem com a Hungria devido à proximidade geográfica, familiaridade cultural e religiosa.

É nesse contexto que Dráculea (no original) viveu seus primeiros anos. e assim como outros soberanos da região também mudou de lado constantemente.

Mehmed II foi um dos Califas da época de Vlad II e de Vlad III, e tem uma participação importante em sua vida. Foi no primeiro sultanato de Mehmed que Vlad III e seu irmão Radu foram reféns. Mais tarde em seu segundo Sultanato, Vlad III foi forçado a aliar-se com Mehmed e em 1476 seus exércitos venceram Vlad III, depois dele invadir a Wallachia. Vlad III foi morto pelos exércitos turcos em 1476 perto da cidade de Bucareste. Mehmed II governou até 1481, e foi ele o responsavel pela queda de Constantinopla.

Mehmed II era, pelo pouco que eu achei sobre ele em português, um sultão na linha de Saladino, mais tolerante com os vencidos.

0 comentários: